Perguntas Frequentes

1. Processo Seletivo


Quem pode participar do Processo Seletivo do Programa Trainee de Gestão Pública do Vetor Brasil?

Podem participar do Processo Seletivo do Programa Trainee de Gestão Pública jovens graduados em quaisquer cursos de ensino superior ou com graduação prevista até setembro de 2017. Não importa a data de colação de grau, mas sim a data de término dos compromissos com a Instituição de Ensino — aulas, provas etc.

Não sou formado em Administração Pública e nunca tive experiência no setor público. Mesmo assim, tenho chance no Processo?

Sim. O Programa Trainee de Gestão Pública do Vetor Brasil não busca pessoas com qualificações específicas em administração pública. Busca pessoas com grande capacidade analítica no entendimento e resolução de problemas e com engajamento para fazer a diferença na área pública.

Como funciona o Processo Seletivo do Programa?

O processo seletivo é 100% online de forma a não privilegiar candidatos de acordo com o local onde residem.O processo oferece a oportunidade para o candidato compreender se a oportunidade de atuar como trainee de gestão pública faz sentido em seu momento de vida, de carreira e no impacto que quer causar no Brasil. Para isso, o processo é composto por 6 fases:

1) Preenchimento de Informações Pessoais

2) Testes online (inglês, atualidades e lógica)

3) Vídeo de Recomendação e Perguntas de Motivação

4) Entrevista de Mapeamento de Competências

5) Entrevista de Caso do Setor Público

6) Entrevista com Gestor do Governo.

 

A data final para o candidato finalizar a fase 1 (Preenchimento de informações pessoais) é 14/abr.

Assim que finalizar a fase 1, o candidato tem 8 dias corridos para finalizar a fase 2 (Testes online). O não cumprimento deste prazo implica a desclassificação automática no processo.
O desempenho nas fases do processo não é cumulativo para as fases seguintes. Cada candidato pode receber a notificação sobre aprovação e reprovação em momentos diferentes.

Como posso me preparar para as entrevistas?

Como todas as entrevistas do processo são 100% online, uma boa forma de se preparar é verificar com antecedência um local silencioso e com conexão segura de internet. Para a entrevista de Mapeamento de Competências, é interessante resgatar momentos práticos de sua vida que instigam você a participar do programa. A entrevista de Caso do Setor Público não busca verificar conhecimentos específicos, mas sim sua capacidade analítica de entender e propor soluções a um desafio. Para a entrevista de Caso, você pode verificar exemplos disponíveis na internet que auxiliam a compreender a estrutura geral da entrevista. Já na terceira entrevista, aquela com o gestor direto do órgão em que o trainee vai trabalhar, o objetivo é entender se o seu perfil se encaixa com a cultura organizacional do órgão. Para isso, é interessante ter em mente suas principais habilidades e áreas de interesse.

Preciso viajar para fazer as entrevistas do processo seletivo?

Não é necessário viajar. Todas as provas e entrevistas do processo seletivo do Vetor Brasil são realizados de forma online. No raro caso de a Secretaria exigir que a sua entrevista final seja feita presencialmente, os custos para a sua locomoção serão de responsabilidade da própria secretaria.

E se, durante o teste online, minha conexão com a internet cair?

Envie o mais rápido possível um em e-mail para recruta@vetorbrasil.com, informando o seu nome e a descrição da situação em que ocorreu o problema.

Como serei informado do resultado e das convocações para as etapas subsequentes?

Toda a comunicação do Vetor Brasil com os candidatos é feita através do email que você cadastrou no ato da inscrição para o programa. Você receberá mensagens toda vez que houver alguma mudança no seu status do processo (convocações e reprovações). É possível que o e-mail caia na caixa de spam. Indicamos que você confira o recebimento em todas as pastas do seu servidor.
O Vetor Brasil se exime de responsabilidade se o candidato não tomar conhecimento de alguma convocação por não acessar seu e-mail freqüentemente.

2. A experiência de trabalho dos trainees

Onde eu vou trabalhar?

Você irá trabalhar em um governo parceiro do Vetor Brasil. A cada processo seletivo, trabalhamos para selecionar os projetos mais interessantes em estados e municípios espalhados pelo país. Atualmente fazemos prospecção com as cinco regiões do país. Logo, o candidato selecionado poderá trabalhar em qualquer região do Brasil! Prepare-se, então, para conhecer um novo estado. Até hoje, a maioria dos trainees foram alocados em secretarias estaduais de diversas áreas – educação, planejamento, gestão. Durante o processo seletivo, os candidatos ainda não sabem quais serão as vagas disponíveis. Isso será divulgado no momento de alocação do candidato e entrevista com o órgão público.

Como se dá a alocação do trainee?

O Vetor Brasil tem como um de seus objetivos potencializar a relação entre órgão público e trainee. Para isso, nossa equipe busca entender quais as principais habilidades e motivações do trainee selecionado e, ao mesmo tempo, entender quais as necessidades da vaga apresentada pelo órgão público. Após este processo, o Vetor Brasil seleciona alguns candidatos para serem entrevistados pelos gestores do órgão público. Os gestores apresentarão a proposta de trabalho aos candidatos e compartilharão as necessidades da vaga, enquanto o candidato também apresenta brevemente sua trajetória e habilidades. O gestor escolhe entre um dos candidatos que entrevistou. Caso o candidato escolhido não tenha interesse nessa vaga, ainda poderá conversar com outras duas secretarias com vagas no Processo.

Para quem eu vou trabalhar?

Um dos objetivos do programa é que o trainee vivencie a realidade e o dia-a-dia em um órgão público. Seus gestores diretos serão funcionários de um estado/prefeitura que compartilham dos mesmos valores do Vetor Brasil e farão com que você trabalhe para fazer a diferença no setor público.

Posso escolher onde vou trabalhar?

A decisão da alocação dos trainees não é apenas do Vetor Brasil, mas também da secretaria que receberá o trainee. Desta forma, não podemos garantir aos candidatos onde ele trabalhará. Entretanto, coletamos as restrições e preferências dos candidatos durante o processo seletivo e sugerimos alocações de forma a maximizar os interesses dos candidatos em termos de localização e natureza do trabalho.

Posso continuar morando na cidade onde já resido?

Sim, é possível, mas não é garantido. A cidade e o governo do trainee só serão definidos com a definição de sua alocação. Além disso, o Vetor Brasil indica fortemente o processo de desafiar-se ao novo, sair da zona de conforto e trabalhar em um lugar diferente do qual já reside. Essa é uma grande oportunidade para conhecer mais sobre o Brasil!

O que eu vou fazer?

Você irá desempenhar funções analíticas e de gestão de projetos dentro da equipe do governo. Isto significa, por exemplo: realizar análises de desempenho e benchmarks, identificar problemas e suas causas-raízes, discutir soluções para os problemas encontrados e gerenciar a implementação das soluções aprovadas pelo governo. Mas mais do que isso, esperamos que você coloque a mão na massa e trabalhe na operacionalização dos projetos – não só nas análises de planilhas, mas em conversas com a comunidade para entender os desafios e encontrar as melhores formas de viabilização de projetos. Será um trabalho muito adaptativo, o qual inclui análise, estudo, diálogo, visão local, pró-atividade para encontrar oportunidades e mão na massa.

Quanto eu vou ganhar?

Como você será contratado pelo governo, o seu salário vai depender do valor que as secretarias pagam a seus funcionários. O valor exato do seu salário e seus benefícios serão informados após sua aprovação no processo seletivo e antes que você aceite a proposta. As secretarias oferecem salários para viabilizar a sua estadia na cidade.

Quanto tempo dura o programa?

A equipe do Vetor Brasil sugere à secretaria que, na medida do possível, o trainee trabalhe em projetos do começo ao fim. Por isso, a duração do programa está diretamente ligada com o projeto que a Secretaria e órgão público vão oferecer ao candidato, podendo variar de um a dois anos.

3. Como é ser Trainee de Gestão Pública?

Como é o dia-a-dia do Trainee de Gestão Pública?

O dia-a-dia do trainee é composto por muitas atividades, envolvendo reuniões, articulação com atores da política, planejamento e implementação do projeto. As atividades diárias exigem bastante trabalho e dedicação dos trainees.

Quais os projetos e atividades realizadas pelos trainees de edições passadas?

Nas edições de 2015 e 2016, o Vetor Brasil alocou trainees nos governos do Amazonas, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Salvador, São Paulo (estado e cidade), Goiás e Pará nas áreas de gestão, planejamento e educação. Verificar em nosso canal do Youtube os depoimentos de alguns trainees sobre suas experiências no programa.

Qual é o instrumento utilizado para contratação dos trainees?

O governo define o instrumento que utilizará para contratar o trainee. Apesar de este instrumento poder variar,  a grande maioria dos trainees são contratados por cargos em comissão de livre nomeamento e exoneração (CF, Art. 37). Outros instrumentos podem ser propostos pelos governos e serão avaliados pela equipe jurídica do Vetor Brasil.


4. Desenvolvimento profissional

Por que a participação na formação presencial é obrigatória?

O processo seletivo para o Programa Trainee de Gestão Pública exige que o candidato seja graduado em qualquer curso de bacharelado ou licenciatura do ensino superior. Como não fazemos distinção de curso, a formação presencial é essencial para que possamos oferecer aos jovens que atuarão no governo o desenvolvimento, tanto técnico quanto interpessoal, mínimo necessário para que, desde o começo do programa, o jovem possa desempenhar de forma mais efetiva suas funções e com isso aproveitar melhor o Programa de Trainee e conseguir ser a transformação que queremos para o Brasil.

A formação presencial também é importante para criar e fortalecer o sentimento de que estamos construindo uma rede de transformadores. Acreditamos que o contato presencial intensifica esse sentimento que é o responsável por unir todos os trainees de gestão pública.

Quais as datas dos treinamentos presenciais?

O treinamento presencial inicial será de 23 a 29 de julho de 2017, em São Paulo.

Há outros treinamentos além dos presenciais?

Sim, aproximadamente três vezes ao mês, os trainees se reúnem virtualmente para treinamentos online com especialistas parceiros do Vetor Brasil.

Que tipo de treinamentos vou ter?

Os trainees receberão ao menos 80 horas de treinamento presencial e ao menos 20 horas de treinamento virtual (em web conference). Há dois treinamentos presenciais, um antes de se iniciarem os trabalhos dos trainees nas secretarias e outro seis meses após o início do programa. Durante os treinamentos presenciais, serão reforçados conceitos básicos da administração pública, desenvolvimento de habilidades técnicas para trabalhar com análise de dados e também de habilidades pessoais. Os treinamentos virtuais cobrem tanto temas técnicos, como também de habilidades pessoais.

5. Acompanhamento do Vetor Brasil

Quais processos de acompanhamento dos trainees o Vetor Brasil desenvolve?

O Vetor Brasil possui acompanhamentos de coaching e mentoria com os trainees. O coaching é projetado para desenvolver as habilidades que cada trainee quer aprimorar no trabalho no governo. Já o programa de mentoria é direcionado ao final do programa de cada trainee, focado para iniciar o autoconhecimento sobre os próximos passos de carreira que o trainee quer trilhar, seja dentro ou fora do setor público.

Como são feitos os acompanhamentos dos trabalhos dos trainees?

Há dois momentos principais de avaliação. A primeira avaliação acontece semestralmente entre o gestor direto e o trainee, abordando temas sobre suas atividades entregues e suas habilidades desenvolvidas. A segunda avaliação é desenvolvida pelo próprio Vetor Brasil mensalmente para entender como está sendo sua atuação na Secretaria, desafios enfrentados e como o Vetor pode auxiliar na potencialização de sua experiência.

6. Depois do programa

O que pode acontecer depois do programa?

Depois do término do Programa Trainee de Gestão Pública, você fará parte de uma grande rede de transformadores, formada por outros trainees, além de parceiros do Vetor Brasil. Praticamente todos os trainees recebem propostas para continuar atuando em suas secretarias. Cada trainee deve decidir por continuar trabalhando no governo ou partir para outras oportunidades profissionais. Independentemente da decisão do trainee, o Vetor Brasil apoia o processo de tomada de decisão e busca por suas próximas oportunidades.

Tem mais dúvidas? Escreva para recruta@vetorbrasil.com